A Instituição

Sobre nós

A AJAP – Associação Jovens Atletas Peregrinos, é uma equipe de Futsal localizada no Bairro Areias no município de São José. Atualmente, a instituição mantém 09 Categorias da modalidade, o cadastro interno de atleta dá conta atualmente, de 220 alunos-atletas que participam das atividades no horário oposto ao acadêmico. A AJAP é uma entidade beneficente que conta com o apoio da Fundação Municipal de Esportes de São José, parcerias de empresas privadas e voluntários.

Nossa História

Nossa história começou no outono de 1991, quando alguns adolescentes e jovens da primeira Igreja Batista de Florianópolis, entre eles o Marcelo de Lon Félix, subiram o Morro da Pedra Branca, no município de Palhoça. Naquela noite fria, sentaram em torno de uma fogueira improvisada e compartilharam uma a um seus sonhos para suas vidas, um desses em especial, chamou a atenção da liderança, o de um menino de 12 anos, de nome LEOPOLDO EUFRÁSIO NETO, que compartilhou de um sonho muito diferente para os garotos de sua idade. Ele sonhava em ver seus amiguinhos do Sapé (Região do Bairro Monte Cristo, Florianópolis) indo na Escolinha Dominical, afim de que esses não viessem a fazer parte das tristes estatísticas do submundo das drogas e da violência, algo muito comum no dia a dia de seus amigos de bairro. Mas o fato é que apesar de ter chamado a atenção dos que ali estavam naquela ocasião, pouco se fez nesse sentido, até que em num dia chuvoso de verão do ano seguinte, quando o Marcelo e seu amigo Neto observavam vários garotos jogando bola no campo barrento do Sapé, ambos foram tocados pela emoção, ao perceberem que apesar de jogarem de pés descalços, e no meio da lama, era notável e contagiante a alegria deles. Foi a partir daí que surgiu a ideia de se fazer um time de futebol organizado, com aqueles garotos, e ao mesmo tempo apresentar o Evangelho de uma maneira mais descontraída.

Os meninos começaram a se reunir e se organizar, nas terças jogavam no campo de futebol suíço da Associação Recreativa dos Correios, e nos finais de semana, na quadra do pátio do Colégio Pero Vaz de Caminha, localizado na Vila São João, onde o grupo cresceu mesmo em uma época em que tudo era muito difícil, tanto que o dono da bola, geralmente, era o mais chato da turma.

Hoje se vê que a ideia de evangelismo pelo esporte deu certo. A união do esporte e lazer, associado à moral e aos bons costumes resultou no surgimento de uma entidade organizada, que envolve diretamente mais de 100 famílias, e que é conhecida como Associação dos Jovens Atletas Peregrinos – AJAP, com sede no Bairro Areias, no município de São José, em razão do apoio conseguido junto à administração municipal, que disponibilizou o Ginásio de Esportes João Martins, para a prática do FUTSAL.

Por que o nome Peregrinos?

Após algumas movimentações nos Bairros: Monte Cristo, Coloninha e Vila São João, mesmo em face de alguns vexames em quadra, o time nunca desistiu, apesar de não ter nem mesmo um nome definido. Até que certo dia o grupo combinou de se reunir em frente ao Colégio Pero Vaz de Caminha, pra jogar numa quadra nas proximidades da Cruz Vermelha, em Capoeiras. Éramos um grupo grande, que se deslocava a pé, subindo e descendo morros, até que chegamos ao destino final. Um certo senhor, vendo toda aquela movimentação na rua, fez o seguinte comentário: “Lá vão os Peregrinos morro abaixo!” Como um dos garotos se irritou com isso, o nome acabou pegando, e um ficou chamando o outro de peregrino, em tom de brincadeira.

Inicialmente éramos, então, os Peregrinos do Sapé, que pouco tempo depois passou a ser chamado de Grupo Peregrinos. O time também ficou sendo conhecido, “carinhosamente”, como “Pé de grilo”, em razão das piadinhas em torno do nome.